SÃO FRANCISCO DE ASSIS: ANALISANDO A SUCESSÃO PARTE I

Foto Ilustrativa
Conforme foi anunciado anteriormente em matéria aqui no Portal Redação Regional, sob o título de "Analisando a Sucessão: Bastidores da Política nos Municípios da Região", vamos dar início a esta série de matérias abordando este tema, quando estaremos trazendo ao conhecimento dos nossos leitores, o que buscamos em entrevistas com pessoas dos municípios que fazem parte do projeto, bem como líderes partidários e detentores de cargos eletivos. 
Reprodução: Facebook/Paulo Cortelini

Vamos começar com a análise dos assuntos que correm nos bastidores, especulações de possíveis nomes de candidatos e de conjunturas da política do município de São Francisco de Assis. 


Reprodução: Facebook/Vasco Carvalho
Na Querência do Bugio os dois principais partidos que estão no governo municipal - entenda-se da UPA - já começaram as suas articulações através daqueles que postulam candidaturas. Tudo indica que o candidato a prefeito será do MDB, é claro, se for mantido o acordo que originou essa coligação em 1992. E nesse intuito, nos nomes cogitados está o atual vice-prefeito Paulo Renato Cortelini, candidato natural ao cargo, e ainda o ex-prefeito e atual vereador Vasco Henrique de Carvalho. Se o candidato for Cortelini, o candidato a vice poderá ser o vereador Jeremias Oliveira, porém se for Carvalho, o vice poderá ser o dentista Mário Aguiar Paz, por ser da preferência do casal Roselaine e Vasco Carvalho. O prefeito Rubemar Paulinho Salbego não consta em nenhuma especulação de seus companheiros políticos, portanto voltaria para o presidio.

Por outro lado é falado a "boca pequena" que existe uma ala no MDB que gostaria muito de ver uma coligação desse partido com o Partido Progressista. Nessa conjuntura se apresenta a oportunidade para o vereador Jeremias Oliveira ser o candidato a prefeito pelo PDT.

Reprodução: Facebook/Ademar Frescura
Já no PP, maior partido político de São Francisco de Assis, cogita-se as candidaturas dos ex-prefeitos Ademar Frescura ou Jorge Ernani Cruz, na cabeça da chapa, e ainda para compor a majoritária o vereador Paraguassu da Hora. Porém se for mantida a coligação com o PSDB e este receber a adesão do ex-prefeito Paulo Roberto Carvalho, que deixou o PDT recentemente, poderá haver uma composição política com o Paulo Carvalho participando na chapa majoritária, bem como, também é ventilada a possibilidade de uma coligação com o PTB do ex-vereador Silon Falcão Vieira, onde o ex-vereador poderia ser candidato a vice-prefeito na chapa progressista, uma vez que fica difícil a sua eleição para a câmara, com o final da coligação nas eleições proporcionais.

Reprodução: Facebook/Paulo Carvalho
É comentado também nos bastidores da política assisense, que poderia haver uma coligação do PSDB de Paulo Carvalho com o PTB de Silon Falcão Vieira, tendo os dois como candidatos na chapa majoritária.





'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();