FALECEU O POETA E TROVADOR ALBENI CARMO DE OLIVEIRA



Faleceu hoje a tarde (15/05) o tradicionalista, poeta, compositor, trovador e payador Albeni Carmo de Oliveira. Ele era um ícone da trova no estado do Rio Grande do Sul, onde trabalhava como avaliador de vários festivais de improviso, inclusive avaliava as trovas do Encontro de Arte e Tradição - ENART. 

Albeni tinha 69 anos de idade, nasceu em São Vicente do Sul, quando ainda chama-se General Vargas - a Terra Doce do Centro Oeste - era sargento da reserva da Brigada Militar e atualmente estava radicado em Porto Alegre. No meio tradicionalista era conhecido por "Beni" ou sargento Beni.


Beni era filho de Salvador Correa de Oliveira e de Maria Santa Carmo de Oliveira e na infância e adolescência trabalhava com a família nas lides campeiras, no trabalho braçal como ele mesmo dizia. Sempre teve uma grande paixão pela poesia, pelos versos rimados. Quando ele incluiu na Brigada Militar, seu pai não expressou muita alegria, imaginando que ele estava fugindo do trabalho pesado.

Ele entrou na Brigada em 1970, no 1º BPM, onde fez seu curso, o CFSPM. Há treze anos foi o apresentador dos Acampamentos Farroupilhas no Parque da Harmonia, em Porto Alegre, onde criou a Rádio Parque. Em 2009 ganhou o concurso para a música tema do Acampamento, daquele ano, sob patrocínio do IGTF. Mas, tudo teve início, quando em 2002, foi o campeão estadual do Enart, como trovador e payador.
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();