EM JAGUARI A VEREADORA CATINA MONTEIRO AFIRMA SER VÍTIMA DE PERSEGUIÇÃO POLÍTICA


A vereadora Catina Monteiro (PDT) em sessão ordinária da câmara de vereadores desta semana, questionei o presidente daquela casa sobre o porquê ele dirige parcialmente os trabalhos da mesa diretora do legislativo jaguariense. 

A vereadora Catina questionou em seu pronunciamento, porque quando ela, eventualmente se manifesta diretamente de sua bancada na câmara para se defender de algum ataque que está sofrendo de algum colega, o presidente Igor Tambara (MDB) rapidamente manda ela se calar e pede respeito na casa. Porém quando é vereador do seu partido ou coligação, fazendo exatamente as mesmas manifestações que ela faz - por vezes até mais contundente - ele não diz absolutamente nada, segundo a vereadora Catina o presidente se cala completamente, deixando as coisas acontecerem.

Catina afirma que está sendo vítima de perseguição política na câmara de Jaguari, objetivando inibi-la para que não exerça seu trabalho de fiscalização dos atos dos administradores municipais de Jaguari. 

Ela também comentou sobre o porquê de lutar tanto pelas questões da saúde pública em no município, lembrando os seus colegas vereadores, sobre as pessoas que esperam anos para fazerem um exame que poderia ser realizado no dia seguinte, ou de quando estes mesmos cidadãos necessitam de um medicamento que é de obrigação da prefeitura repassar e esta não o faz por descaso.
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();