TEMPORAL CAUSOU ESTRAGOS EM ALEGRETE


O resultado de pouco mais de 25 minutos de intensas rajadas de vento, acompanhadas de forte chuva e descarga elétrica foi de várias árvores caídas, fios de alta tensão e muitos bairros e parte do centro sem energia elétrica.
A coordenadora da Defesa Civil, Maysa Moreira, informou que os chamados foram de casas destelhadas em pontos distintos da cidade, como rua Daltro Filho, bairro Vera Cruz e demais regiões.
Já os bombeiros foram acionados devido ao número de galhos e árvores caídos na avenida Assis Brasil, Mariz e Barros, Eurípedes Brasil Milano entre outros.
Na rua Mariz e Barros, também, houve o bloqueio do trânsito, nas últimas duas quadras, pelo risco da queda de um poste de energia. Outro registro foi feito na Avenida Eurípedes Brasil Milano, próximo ao Presídio Estadual de Alegrete. 
Um poste de energia ficou suspenso pelos fios e a RGE foi chamada e deu prioridade pois havia, inicialmente, a informação de que poderia ter uma pessoa dentro de um carro com fios de alta tensão sobre o veículo. Porém, o diretor da Guarda Municipal, Ângelo Tertuliano, disse à reportagem que felizmente não havia pessoa no interior do carro. O risco maior seria para às famílias nas adjacências e transeuntes. O trânsito foi interrompido pela Guarda Municipal, naquela quadra.
Em contato com a Brigada Militar, nenhuma ocorrência grave foi registrada. No posto Primeiro, perto do CTG Farroupilha, uma bomba de combustível tombou e atingiu um táxi. Mas ninguém se feriu. (Alegrete Tudo)
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();