FALECEU O JORNALISTA JOSÉ BICCA LARRÉ


Faleceu nesta quinta-feira (18/04) o jornalista e cronista José Bicca Larré, um dos expoente cultural em Santa Maria, onde residiu por 50 anos.  Ele também era escritor e faleceu aos 89 anos, quando se recuperava de uma cirurgia feita no começo desta semana, no Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre. De acordo com informações ele sofria de insuficiência cardíaca e respiratória.

Nascido em Alegrete, o jornalista construiu sua trajetória profissional em Santa Maria, onde também atuou como funcionário público federal. Em entrevista publicada pelo Diário em 2017, Larré contou sua trajetória, lembrando que iniciou a carreira aos 14 anos, em 1943, no jornal Gazeta de Alegrete. Atuou, também, no jornal A Razão, de Santa Maria; no Diário de Notícias e em A Hora, de Porto Alegre e Caxias do Sul, respectivamente.

Após solicitar demissão dos Diários E Emissoras Associados, foi editor do O Pioneiro, de Caxias do Sul, de onde, conforme contou na entrevista, "fui demitido por me negar a me filiar ao Partido Integralista, proprietário do dito semanário". Então, criou o próprio jornal, o semanário Panorama. "Devo ao jornalismo, também, minha carreira de escritor, em que fui um dos fundadores da antiga Associação Santa-Mariense de Letras e da atual Academia Santa-Mariense de Letras, na qual ocupo a Cadeira nº 4", registra o material.

Sua história no Diário começou em 2002, quando o impresso foi fundado, e do qual saiu 14 anos depois. No veículo, Larré ocupou o espaço nobre da contracapa da Revista MIX, em que dividia os finais de semana com o jornalista e cronista Marcelo Canellas.

Larré tinha quatro filhos do primeiro casamento, Maria Cristina, Marcos Eugênio, José de Larré (falecido) e Rosa Helena (falecida), e dois do segundo matrimônio, Gustavo e Ludwig. Também tinha sete netos e seis bisnetos. O cronista foi casado com a professora e escritora Ruth Farias Larré, falecida em 2015, aos 76 anos.
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();