VEREADORES VASCO E JEREMIAS TAXARAM DE DEMAGOGA A COLEGA JUSSARA


Na sessão ordinária da câmara de segunda-feira (18/03) foi discutido e votado o projeto de lei que versava sobre o reajuste salarial dos funcionários do município de São Francisco de Assis, mas o que causou tamanha polêmica foi o reajuste salarial dos agentes políticos, ou seja, prefeito, vice, vereadores, secretários e cargos de confiança.

A vereadora Jussara Matheus (PDT) se posicionou contra o reajuste salarial para os agentes políticos, justificando que a poucos dias o prefeito Rubemar Paulinho Salbego (PDT) mandou um projeto de lei para a câmara extinguindo uma secretaria como forma de economizar. Foi quando a vereadora Jussara questionou: "Então a extinção dessa secretaria não era para economizar, uma vez que agora vem esse projeto aumentando os vencimentos do prefeito, vice, vereadores e cargos de confiança? Economizar o que?"

O vereador Jeremias Oliveira (PDT) em aparte ao discurso da vereadora Jussara, a chamou de demagoga, pois vota contra o reajuste salarial, mas vai receber o valor destinado a ela como vereadora. Já o vereador Vasco Carvalho (MDB) que é o presidente da câmara, também taxou a vereadora Jussara como demagoga.

Ao final votaram contra ao reajuste salarial aos agentes políticos as vereadoras Jussara Matheus (PDT) e a Elizandra Sacardi (Progressistas), porém o projeto foi aprovado por 8 votos a 2.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();