EM ALEGRETE PECUARISTA MORREU ENQUANTO PILOTAVA UMA MOTO


O pecuarista Flávio Eduardo Santos Rocha Melchíades faleceu aos 62 anos na noite de sábado (23/03), depois de sofrer um mal súbito enquanto pilotava uma moto na rua Barão do Amazonas, centro de Alegrete. Ele chegou a ser encaminhado à Santa Casa de Caridade, mas chegou sem vida no hospital. A causa da morte segundo informações da Brigada Militar teria sido infarto do miocárdio.

Segundo o registro da ocorrência, populares acionaram o SAMU, por volta das 21 horas, depois de ver a queda do homem que estava em uma moto Kawasaki ZX-10R. Flávio subia a rua Barão do Amazonas e, próximo ao cruzamento com a rua Tamandaré, ele reduziu, encostou perto do cordão e tombou. O motorista que vinha logo atrás, falou aos policiais que ele pode ter sentido mal estar e tentou parar, mas assim que conseguiu , já caiu.


Os levantamentos constatam que o motociclista não foi vítima de acidente de trânsito ou violência e que a causa da morte ao que tudo indica teria sido um infarto. O Samu foi acionado para fazer o socorro. Houve tentativa de reanimação, mas a vítima não resistiu e morreu a caminho da Santa Casa.
Conforme ocorrência registrada na Delegacia de Polícia Civil, Flávio não apresentava nenhuma lesão grave aparente. Os familiares relataram que ele tinha problemas cardíacos, além de duas safenas. Ele deixa três filhos, era pecuarista e adorava motos. Em várias mensagens de carinho, a definição é a mesma. Um homem alegre, com coração enorme. Logo após a divulgação de sua morte centenas de mensagens de carinho foram postadas. (Alegrete Tudo)


'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();