CPI VAI INVESTIGAR POSSÍVEIS IRREGULARIDADES NA ADMINISTRAÇÃO DO EX-PREFEITO FLÁVIO MACHADO EM CACEQUI


A câmara de vereadores de Cacequi através de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), vai investigar possíveis irregularidades em obras executadas pela prefeitura ainda na administração do ex-prefeito Flávio Machado (PTB), que esteve a testa da administração municipal cacequiense no período de 2009 a 2016.

Uma denúncia feita pelo ex-vereador Dionísio Prates motivou a abertura desta CPI e os vereadores vão trabalhar nesta Comissão Parlamentar de Inquérito com irregularidades na construção de módulos sanitários, que seriam instalados em moradias de famílias carentes e ainda outra que vai tratar sobre uma Unidade Básica de Saúde (UBS), que começou a ser construída no centro da cidade de Cacequi, mas no momento está com suas obras paralisadas.

O vereador Taiguara Eduardo Haar (PTB) - presidente da câmara - falou que os módulos não foram feitos corretamente, sendo que muitos deles apresentam irregularidades na estrutura e outra grande soma nem sequer foi feita.

Já o ex-vereador Dionísio Prates, autor da denúncia que objetivou a CPI, declarou que foi tudo mal feito, inclusive com as especificações erradas, e mais, que a UBS central teve licitação realizada em 2014, com a conclusão da obra prevista para seis meses, porém está parada até hoje.

O vereador Renê Fernandes (Progressistas) da bancada de oposição na câmara, um dos parlamentares que assinou o pedido de abertura da CPI, afirma que está fazendo a sua parte, pois o dever número dos vereadores é fiscalizar e investigar.

Por outro lado o ex-prefeito Flávio Machado afirmou ser inocente das acusações e que todos os módulos sanitários foram construídos.
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();