EM MANOEL VIANA HOUVE REDUÇÃO NO NÚMERO DE MATRÍCULAS ESCOLARES EM RELAÇÃO A 2018


Nesta semana o departamento de ensino do município de Manoel Viana, através da secretaria de educação, cultura, turismo e desporto apresentou um relatório com levantamento de aprovações em 2018 nas escolas da rede municipal de ensino, assim como um comparativo entre 2018 e 2019 no número de matrículas – até o momento.
A escola Alberto Pasqualini, atualmente a maior escola da rede municipal, contou em 2018 com 279 alunos. Destes, 196 fizeram parte das turmas de educação infantil e anos iniciais, sendo que o 78% foram aprovados. Os 22% restantes foram divididos em 8% reprovados e 14% transferidos. Já dos 83 alunos dos anos finais, o número de aprovação caiu para 63%, enquanto o número de reprovação subiu, apenas para 9%. A diferença se fez maior no percentual de transferidos que foi de 22%, enquanto os demais 6% resultaram em evasões – ou seja, abandonaram os estudos durante o ano letivo.
A segunda maior escola em relação ao número de matrículas em 2018, a escola Henrique Dias registrou 53 alunos, sendo que 33 fizeram parte da educação infantil e séries iniciais. Conforme os dados da escola, o número de aprovação ficou em 82%, contra 18% de reprovação em 2018. Já dos 20 alunos dos anos finais, a aprovação foi de 95%, contra 5% de reprovados – ou seja, apenas 1 reprovado em 2018.
Outro dado importante, revelado pelo departamento de ensino do município, trata do quantitativo de alunos matriculados na rede municipal. De acordo os dados, numa relação entre o número de alunos matriculados em 2018 e 2019, se observou uma perda de 40 alunos. Desse total, a escola Alberto Pasqualini teve o maior impacto, com a redução de 39 matriculados, passando de 279 para 240, até o momento. A escola Henrique Dias foi outra que computou a redução no número de matrículas, passando de 53 para 48 alunos – ou seja, 5 a menos em relação ao ano anterior.
Já a escola Érico Veríssimo, fez o caminho inverso, e registrou uma matrícula a mais, passando de 47 para 48 matriculados em 2019, assim como a EMEI Maria Veni Lottermann que registrou 3 matrículas a mais, passando de 135 para 138, até o momento.
O ano letivo deve ter início a partir do próximo dia 18, para professores e funcionários, sendo que as aulas retornam oficialmente a partir do dia 20, para rede municipal de ensino. Conforme a nova diretora de ensino do município – Rúbia Queli Corsini Melo, a meta para 2019 será a consolidação das formações continuadas, estudo e implantação da BNCC, alterações nos regimentos escolares, no PPPs, qualificar as estruturas físicas das unidades e divulgar os projetos e resultados alcançados nesses dois anos passados.
Em relação ao número de matrículas a SMETCD preocupa-se com a situação atual e buscará ações efetivas para ampliar as matrículas da rede pública municipal, afirma Rúbia Queli, que assumiu neste mês o cargo no departamento de ensino, após a saída de Vanessa Caldas. Rúbia já atuava na área de educação, junto a EMEI Maria Veni Lottermann, onde atuava como professora.

Fonte: Site da Prefeitura de Manoel Viana.


'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();