PREFEITO EM EXERCÍCIO JUCA ROSSO DECRETA MANOEL VIANA EM SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA



Manoel Viana continua sofrendo com a grande quantidade de chuva dos últimos dias. Após as grandes precipitações de novembro e dezembro que já vinham causando grandes prejuízos às estradas do interior do município, a segunda semana de janeiro teve início com mais chuvas e previsão de continuidade para os próximos dias, podendo o tempo se manter assim até o início da próxima semana.

Com isso o município decretou oficialmente nesta quinta-feira (10/01) situação de emergência. O decreto foi expedido tendo em vista que as precipitações pluviométricas extrapolaram a normalidade e há previsão de mais chuva para os próximos dias. Segundo a Defesa Civil, em pouco mais de 24 horas foram registrados mais de 300 milímetros de precipitação.

O município começou contabilizando prejuízos com o temporal da madrugada do dia 09/01. Durante o qual o vento derrubou o pórtico de entrada do Parque de Exposições e um silo de grãos. A enxurrada, também, arrastou o trecho de uma estrada do interior, no Arroio Bravo. No local havia bueiros e um planchão.



PROBLEMAS NA ÁREA URBANA

Conforme a Defesa Civil do município, os fortes ventos e as chuvas provocaram maiores danos na área ambiental afetando mais árvores como Cinamomo e Uva do Japão, as quais são mais frágeis e suscetíveis a sofrerem com as intempéries do clima, segundo a secretaria de Meio Ambiente, Luiza Andreia Meus.

Quanto a danos materiais relacionados a residências, foram esporádicas as quais sofreram algum tipo de prejuízo, conforme os registros recebidos até a manhã de quinta-feira, pela Defesa Civil.



NÍVEL DO RIO CONTINUA A SUBIR  FAZ OS PRIMEIROS DESALOJADOS 

Últimas atualizações por parte da Defesa Civil informa que o município já conta com as primeiras famílias desalojadas. Apesar da chuva contínua ter cessado, algumas pancadas tem ocorrido de modo esparso, o que retarda a ação de diminuição no nível do rio que continua a crescer.

Na manhã desta segunda-feira (14/01), se registrava um nível de crescimento de 1cm por hora, tem as águas ultrapassado o limite da Praia e Camping Rainha do Sol. Conforme a Defesa Civil, na tarde de ontem uma equipe passou a tarde fazendo o levantamento e cadastro de famílias que correm o risco de ficarem desalojadas, com o aumento contínuo do nível das águas.

Conforme os canais de meteorologia, a previsão é de que esta seja mais uma semana de precipitações. A probabilidade de chuva cresce a partir da terça-feira (15/01), devendo permanecer com tempo instável até o fim de semana.
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();