PREFEITO EM EXERCÍCIO DE JAGUARI DECRETA SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA NO MUNICÍPIO


O prefeito em exercício de Jaguari Lucas Cattelan (MDB), após se reunir na manhã desta sexta-feira (25/01), com representantes das entidades do setor agropastoril do município e técnicos da Emater, e ouvir deles um balanço dos prejuízos causados em culturas como arroz e soja, bem como nas estradas gerais da zona rural, decidiu por decretar situação de emergência em Jaguari.

Dados da Emater, de acordo com o prefeito em exercício Lucas Cattelan, dão conta que no período de 8 a 10 de janeiro choveu na zona urbana de Jaguari 215,5 mm. Já no interior do município houve um total de chuva de 275,5 mm. "Isso trará reflexos negativos nas culturas do arroz e da soja. No arroz teremos uma perda de 11,5% o que representa R$ 1.468.320,00. Já na soja a perda será de 8,5%, representando de R$ 2.620.125,00, num total então de R$ 4.088.445,00 de perda para a economia do município", relata.

Além disso, conforme o chefe do executivo municipal de Jaguari, boa parte dos 650 quilômetros de estradas gerais e 200 quilômetros de estradas de acesso a lavouras foram danificadas. Com as fortes chuvas neste período no município, o rio Jaguari que corta a cidade, subiu 10,30 metros acima de seu nível normal, desalojando mais de 30 pessoas nos bairros Sagrado Coração de Jesus e Mauá.

O decreto de situação de emergência em Jaguari foi assinado na tarde desta sexta-feira (25/01), pelo prefeito em exercício Lucas Cattelan, em seu gabinete no Centro Administrativo Municipal.
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();