VEREADORES PARAGUASSU DA HORA E PAULÃO SÃO PERSEGUIDOS E DISCRIMINADOS PELO PREFEITO PAULINHO SALBEGO?!?

Os vereadores Paraguassu da Hora e Paulão (Progressistas) foram notificados pelo prefeito Rubemar Paulinho Salbego (PDT), para solicitarem licença do trabalho que realizam na Prefeitura Municipal, sob alegação de que existe incompatibilidade de horários.

Somente agora foi observado pelo prefeito esse "impasse administrativo", pois os vereadores Paraguassu e Paulão estão no exercício do mandato a um ano e onze meses? E em outras administrações o atual vice-prefeito Paulo Cortelini (MDB) e a psicóloga Dalva Medeiros (MDB) também exerceram a vereança e com prefeitos adversários políticos, sem ser ventilada a possibilidade deles estarem licenciados dos cargos ocupados na administração pública, para exercerem a vereança.

Esse ato do prefeito não estaria diretamente ligado as votações contrarias dos vereadores aos projetos de autoria dele, no plenário da Câmara? E ao trabalho de fiscalização no pátio da secretária de obras, que o vereador Paulão efetuou, no escândalo dos pneus da patrola que foram raspados? Será que não estaria?

Se forem comprovados esses questionamentos não há a mínima dúvida que de os vereadores Paraguassu da Hora e Paulão estão sofrendo perseguição e discriminação perante o quadro de funcionários municipais, e mais, tendo fortes indícios de uma vontade antidemocrática de serem tolhidos de exercerem os cargos de fiéis representantes do povo assisense.




'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();