EX-SECRETÁRIO DA SAÚDE SE PRONUNCIA SOBRE O FIM DO "PROGRAMA MAIS MÉDICOS"


A poucos minutos Herton Dorneles Couceiro utilizou as redes sociais para expressar o seu pensamento com relação ao final do "PROGRAMA MAIS MÉDICOS", dizendo o seguinte: "Estive como secretário de saúde no município de São Francisco de Assis, justamente quando três médicos cubanos começaram atender nas unidades de ESF. Conseguimos ampliar atendimentos, conseguimos pela primeira vez, atender toda demanda reprimida de consultas na Atenção Básica e melhorar o vínculo das equipes com as famílias.

Sei da importância destes profissionais para os municípios menores. Porém, também não concordo que Cuba siga se utilizando do Programa Mais Médicos para receber muito dinheiro do Brasil. Sempre fui contra a isso. A proposta de pagar o valor integral aos profissionais, considero justa. Ficaria circulando este investimento em nosso país.


Mas neste momento, precisa haver uma ponderação para que as pessoas não fiquem desassistidas. São muitos brasileiros que atualmente contam somente com eles. Que a equipe de transição do novo governo, pense primeiramente, nas pessoas.


Esperamos também, que os profissionais brasileiros se coloquem à disposição para atender os nossos municípios. O governo vai publicar o edital na próxima semana com o objetivo de suprir as vagas."

Herton Couceiro foi secretário de saúde no município de São Francisco de Assis, na gestão Horácio Brasil/Ademar Frescura.
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();